Se você adquiriu o serviço de débito recorrente e ainda tem dúvida de como fazer a venda, vejamos alguns dos detalhes importantes:

          ✔️ Configure os planos que deseja utilizar como recorrente;

          ✔️Para esta venda o aluno precisa possuir CPF e e-mail;

          ✔️ No ato da venda é necessário ter em mãos o cartão de crédito do aluno para cadastrá-lo;

          ✔️Certificar-se se sua adquirente aceita transacionar a bandeira do cartão do aluno;

Após ter conferido se o cadastro do aluno está completo com CPF e e-mail, clique no carrinho 🛒para realizar a venda, selecionando o contrato que quer vender.

A partir desse momento, você pode continuar o pagamento normalmente, pelo cartão do cliente ou enviar o link de checkout - veja aqui como.

Caso não tenha cadastrado o cartão, veja o artigo que explica em detalhes como cadastrar clicando aqui.

📌 Descontos inseridos na venda, serão aplicados apenas na primeira parcela. Se houver necessidade de dar um desconto em todas as parcelas, siga o passo a passo ensinado no artigo clicando aqui.

Após selecionar o plano e o cartão, clique em adicionar para incluir este item na venda.

Em seguida clique em receber para ser direcionado para a tela de formas de pagamento.

Chegou o momento de receber o plano. Agora podem acontecer algumas variáveis, vamos entendê-las.


         🔲 Recorrente com vigência - Se o plano vendido for desse tipo, o sistema no momento  de receber vai apresentar apenas o valor da primeira parcela, ou seja, o sistema já parcelou o valor do plano, conforme o contrato foi configurado, e na venda estará disponível apenas o valor de uma parcela. As demais entrarão na tela de vendas assim que encerrar a venda.

         🔲 Recorrente mensal - Neste caso, na venda também só aparecerá o valor de uma única parcela. Neste formato, o sistema vai renovar automaticamente o plano no próximo mês (na data fim do contrato) e na renovação vai realizar a cobrança do valor também automaticamente.

         🔲 Recorrente mensal com tempo mínimo de permanência - Neste exemplo, no momento de configurar o plano foi indicado que o aluno deve permanecer por x meses e só depois se tornará um plano recorrente. ❗️ Neste caso, se o contrato for de 2 meses de tempo mínimo de permanência, ao chegar na parte de receber o plano, o sistema vai cobrar os dois meses na venda e apenas ao final desses dois meses o sistema vai realizar a renovação automática já cobrando no cartão do aluno.

📍 Sabendo disso, você pode receber essa primeira parcela em dinheiro, cheque, boleto em cartão ou transação online. As demais parcelas vão entrar automaticamente no cartão de crédito do aluno.

⚠️Importante: 

Se selecionado a opção de cartão de crédito, mas não selecionar a opção de transação online, significa que você vai passar o cartão de crédito do aluno na maquininha, neste caso, ao realizar este processo, é só encerrar a venda que a próxima cobrança será na recorrência.

Se preferir, você pode cobrar no cartão de crédito via transação online. O que significa que você vai utilizar o cartão já cadastrado do aluno para tentar cobrar direto pelo sistema, ou seja, sem passar o cartão pela maquininha. Neste caso, ao receber em transação online e encerrar a venda, o sistema já informa se a bandeira do aluno autorizou ou não a cobrança.  
          💬 Lembrete, se utilizar na venda a opção de transação online, não passe o cartão do aluno na maquininha para não cobrar duas vezes a mesma venda do aluno.

❗️Antes de inserir o pagamento, certifique-se que está recebendo o valor correto, pois o contrato de débito recorrente mostra apenas o valor de uma parcela, paga no ato da venda. As demais parcelas são lançadas automaticamente ao final da venda, no caso de Débito Recorrente com vigência. 

A venda do plano recorrente possui algumas variáveis importantes, veja os detalhes no artigo abaixo:


#venda recorrente

#venda recorrência

#venda dcc

#venda

#checkoutrecorrencia

#checkout

#recorrencia


Encontrou sua resposta?